Amélia. M & Pitter. D

A Noite da Minha Vida: Recomeçar

— Essa noite se você ficar, vamos ver as estrelas na madrugada! 

— Mas você nunca quis ver comigo as estrelas.

— Eu errei, se pudesse voltar no passado, iria fazer diferente!

Por essa noite ela resolveu ficar.

Ele abriu um vinho.

Ela quis de verdade esquecer tudo que se passou e começar tudo do zero. Mais, no fundo do seu coração sabia que aquela seria sua última noite ao seu lado.

Ele queria redenção, se pudesse, entregaria todo o mundo agora para ela. Talvez soubesse que já era um pouco tarde.

— Agora entendo o motivo de você querer ficar acordada vendo as estrelas nessa imensidão.

Céu Noturno!

Ela sorriu pensativa!

— É triste que você só tenha visto agora, quando já não vou mais estar aqui ao seu lado.

— Não fala isso! — Disse ele com lágrima nos olhos.

— Aquelas dali, são às três marias. Sempre te disse que achava elas lindas.

— Lembro disso, você sempre dizia ter uma ligação com elas.

Ela se virou e olhou bem nos olhos dele, e tentava perceber como chegaram a esse ponto. Onde as coisas se descarrilaram pelo caminho? Quando perderam o rumo?

Não eramos felizes?

— O que foi? — Disse ele com a voz suave!

— Você me amava?

— Eu ainda te amo!

— Então, por quê?

— Não sei. Você sempre foi uma mulher incrível comigo, não tinha motivos. Na verdade, não há! Tenho vergonha, ainda mais por saber como foi sua infância.

Ela não conseguiu e deixou escapar uma lágrima. Ele por sua vez já deixava várias correrem pela sua face.

— Éramos tão felizes! — Disse ela com a voz embargada! 

Ele foi de encontro a sua mão e apertou forte.

A vida não vem com manual, mas seria muito bem-vindo.

Foram dormir.

Na manhã seguinte pairava um cheiro de vinho e um clima melancólico, a lareira ainda mantivera aquecida a casa.

Ela se pôs de pé, deu um beijo em sua testa e foi embora sem olhar para trás.

É necessário ir para voltar a ser!

Ele acordou e chorou como nunca, percebeu que certas situações são irreparáveis.

 A vida tem de seguir.

Deixar uma resposta