Contos e Crónicas

Como se Explica o Amor?

“Depois de ter você, poetas para quê?”

Enquanto ouvia essa música de Maria Bethânia em um dueto com Adriana Calcanhoto, me venho uma forte reflexão.

 Aliás, quem nunca ouviu, por favor, ouça atentamente cada detalhe dessa linda poesia.

Como se explica o amor?

Pombos Apaixonados!

Hoje passei o dia com pessoas que tenho imenso afeto, era aniversário de uma querida amiga, essa amizade já ultrapassa seus 7 anos. Fomos almoçar em um restaurante, comemos e bebemos. Sorrimos e gargalhamos, naquela mesa não posso duvidar que emanava amor.

Aquilo me trouxe paz e segurança.

Ao chegar em casa fiz coisas referentes ao trabalho e enquanto isso tomava uma xícara de chá, feita por alguém que me ama. Nessa xícara tinha doses quentes e aconchegantes de amor.

Logo depois fui fazer um dos meus passatempos favoritos, cuidar das minhas plantas e das recém-chegadas, pois como disse minha amiga que estava no almoço de hoje:

 “-Você deve ser um cleptomaníaco de plantas!”.

Confesso que voltei com umas 3 folhinhas no bolso. (Risos)

Troquei o vaso de algumas, reguei as que pareciam aparentemente estar com sede e reorganizei algumas.

Posso garantir que o mesmo amor que emanava no almoço mais cedo era o mesmo que acontecia enquanto cuidava das plantas.

Esse texto não tem o intuito de se explicar o amor, penso que não se pode limitar em apenas palavras, amor é mais sobre sentir. E como disse acima podemos sentir por tantas coisas.

O amor esta nos detalhes, nos fragmentos.

Biscoitinho do Amor!

 Ele está acontecendo a todo instante, acredite, basta você abrir seus olhos. Não basta apenas bater as pestanas, tens de arregalar os olhos da alma. 

Esteja atento aos detalhes de micro felicidade, ali mora o apogeu de todo amor.

Dizem que quem procura não acha. Eu já penso de outra forma, penso que se procurarmos e soubermos de verdade o que se procura sempre achamos.

Vai sempre estar ali. 

Pode ser uma tarde chuvosa com cheiro de terra molhada. 

Pode ser quando o seu cachorro pular no seu colo e te beijar desespe

radamente de tanta saudade. 

Esta na bênção da sua vó. No respeito que você tem pelo seu parceiro. 

Em uma noite fria com direito a lareira e família reunida.

 Em um pôr do sol espetacular. 

Ele vai estar sempre ao seu redor, aceite isso! 

Gratidão!

Eu te Amo!

Sinto muito!

Sou grato!

Deixar uma resposta