Autoconhecimento e Gratidão

O Meu Café da Manhã

Faz um certo tempo que não apareço por aqui, sendo sincero bem mais tempo do que eu gostaria. Mais às vezes as pausas são necessárias, para que assim possamos equilibrar o nosso corpo e alma. Espero que todos vocês estejam bem e lembrem-se: 

Sempre que, se sentirem cansados permitam-se uma pausa.

Hoje acordei com o corpo um pouco cansado e pensando na vida, a verdade é que tenho ultimamente tido bastantes problemas para me concentrar no presente e tenho sempre focado no futuro, o que ele pode ser, mas hoje resolvi tentar realizar pequenas atitudes que me permanecessem no presente.

Desci as escadas e coloquei a água para ferver na chaleira elétrica. Gosto bastante de café, sempre gosto de variar, hoje coloquei o pó naqueles coadores de pano e até coloquei um pouco de açúcar na minha caneca, apesar de ser algo que não tenho consumido, senti uma certa vontade.

Coloquei dois pequenos pães de leite na torradeira.

Tudo estava fluindo de uma forma que seria apenas mais uma manhã.

Eu abri minha geladeira e recentemente fiz um creme de feijão com cogumelos, bati o feijão no liquidificador e fritei alguns cogumelos na frigideira e depois refoguei o creme e o cogumelo juntos. Ficou incrível! Nessa manhã quando vi o creme, senti uma vontade quase que abrupta de comer, é sei que muitos devem estar fazendo uma cara estranha, (risos), penso que no momento em que tive a ideia tive a mesma reação.

Comi pessoal! Pão, café e meu creme de feijão com cogumelos. Confesso para vocês que foi algo extremamente reconfortante. 

Quantas vezes nas nossas vidas deixamos de fazer algo puro e simplesmente porque aprendemos que não é o jeito certo?

Não nos questionamos o porquê, apenas vamos seguindo o ritmo que estamos acostumados.

 Eu não quero dizer para você sair quebrando todas as regras da sociedade, muitas delas servem para tentar impor uma certa ordem. Mas vocês compreendem? Apenas porque não era comum na minha cultura comer esse creme no café da manhã quase o deixei de fazer, e nossa quantas outras vezes eu não fiz, não só no café da manhã, essa escolha tão banal, mas em tantos outros aspectos da minha vida.

Sinto ser extremamente necessário estarmos abertos para o novo, a graça da vida é vivenciar novas experiências, não apenas reproduzir algo que nos é imposto desde quando éramos bebês.

Você não precisa fazer grandes mudanças na sua vida, coisas como mudar uma opção no seu café da manhã, podem despertar gatilhos para tantas outras atitudes na sua vida.

Apenas faça que a vida vai lhe surpreender!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.