Contos e Crónicas

Quando Tudo Acontece

Nós nos conhecemos pela internet.

Em um site de relacionamento, conversamos durante meses.

Dia e Noite, sempre conectados!

Ele morava em outro país e mal falava português.

Eu trabalhava no centro do Rio de janeiro.

Ele vivia em conexões entre os EUA e Brasil.

Um dia ele disse:

“—Vou para o Rio de Janeiro, quero lhe encontrar.”

Quando já não conseguimos conter a saudade de algo que nunca foi explorado!

Fiquei nervosa, mas ele disse que seria algo extremamente rápido, pois ele tinha de ir para outro estado.

Eu queria encontrá-lo mais disse para ele que ficava muito complicado por conta do horário, estaria de um lado do Rio e ele de outro. Era muito improvável que esse encontro acontecesse.

Ficamos tristes, porém não havia muito o que fazer.

E afinal como seria depois?

O dia chegou, ele desembarca no Rio de Janeiro e tive de ir para o trabalho, chegando lá aconteceu o inimaginável, ou melhor, ocorreu tudo que tem de acontecer quando é para ser.

Nosso escritório tinha uma filial do outro lado do RJ, e para uma secretária sempre ficou atribuída a tarefa de levar a papelada uma vez por semana e esse dia era hoje, e simplesmente lembraram que hoje ficaria responsável por levar a papelada para o outro escritório. 

Tem explicação? Certas coisas nem merecem questionamentos, deixe acontecer.

Aproveite os sinais que a vida nos mostra!

“—Alô, você ainda está no Recreio? Estou indo para esses lados!”

Nosso encontro foi engraçado, mal nos entendíamos e ficamos dando volta em um Parque.

Com o pouco do inglês que entendia, percebi ele dizendo que gostaria de casar comigo.

Primeiro pensei que meu inglês realmente estava péssimo, mas depois era isso mesmo que ele estava dizendo. Foi estranho não só por ele está dizendo isso na primeira vez que nos vimos, mas pelo simples fato de que comecei a cogitar essa hipótese.

Pedi um sinal, pensei: “Se esse homem me dê uma rosa, é com ele que vou me casar.”

Quase no fim do encontro, ele foi em direção ao canteiro de rosas, pegou uma e me disse:

“—Você é tão linda quanto essa rosa!”

Destino?

Quando é para acontecer, tudo vem naturalmente!

Deixar uma resposta