• Contos e Crónicas

    Eu e a Maria em cima do pé de goiabeira

    Tínhamos 10 anos, 11, talvez.  Todos os dias. Eu e Maria nos pendurávamos em cima do pé de goiabeira. Era nossa maior aventura, não tínhamos medo, só euforia. Todos os dias corria até sua casa, não era longe. — Mariaaaaaaaaaaaa, vamos brincar! Ela vinha correndo, de seguida íamos para goiabeira, brincar de se pendurar. Morávamos no morro, e toda estrada que percorríamos era de terra, mas com mato batido. O morro que morávamos parecia um gramado gigante e nós, crianças amávamos aquilo. Chegávamos na goiabeira que ficava no meu quintal, e lá estava ela nos esperando. Parecia dizer:  — Venham meninos, demoraram hoje, os meus galhos estão cada dia, maiores…

  • Amélia. M & Pitter. D

    Paixão de Verão

    Era verão e consigo recordar a forma que ele sorria para mim. Seus olhos brilhavam refletindo sobre o sol. Lembro de como olhava fixamente para o meu rosto. Não me sentia intimidado, pelo contrário, nunca havia me sentido tão vivo nessa vida como quando me lançava aqueles olhares que invadiam toda minha alma. Minha paixão de verão. Que euforia ele conseguia me proporcionar! Ter ele ali naquele verão comigo era o apogeu da felicidade. Brindávamos a vida e sorriamos, não havia tristeza naquele momento. Sinto que naquele instante, toda a dor do mundo poderia ter se dissipado e um novo equilíbrio pairava sobre o planeta terra.  Eu nunca me sentira…

  • Autoconhecimento e Gratidão

    Equilibrio da Felicidade

    O que vou dizer é algo que quem já passou vai entender e quem ainda não viveu isso provavelmente não irá identificar-se imediatamente, mas está tudo bem. Espero que de alguma forma consiga contribuir positivamente. É chegado um momento em que não queremos mais “lengalenga”, sentimentos confusos, histórias complicadas, desculpas esfarrapadas. De início sentia-me meio ignorante, incompreensivo para com os outros e até egoísta. Mais logo depois percebi que não. Não era errado estar com minha vida toda calma, tranquila, nos conformes e permitir que alguém cheio de receios e medos entrasse nela para bagunçar tudo que havia conseguido.  Notei que não há nada mais delicioso do que estar bem…

  • Autoconhecimento e Gratidão

    As etapas de um término

    Confesso para vocês que senti uma certa dificuldade para desenvolver este texto, mas era algo que martelava diariamente na minha mente e que sentia que deveria compartilhar com vocês. Espero, de coração, que possa ao menos auxiliar uma única pessoa que seja, pois não é fácil lidar com traição. Você pode ter sua religião, seu ótimo emprego, sua independência financeira, carro na garagem, sua família estruturada (ou talvez, agora, nem tão estruturada) e um bom ciclo de amigos. Mas, olha, sei bem o que é ter tudo isso e mesmo assim se perder em lágrimas, ficar sem chão caído no banheiro, na cozinha, no quarto, na sala ou em qualquer…